Curso de Engenharia Ambiental do UNIFEB tem projeto aprovado pela chamada CNPQ/VALE - Forma-Engenharia
Home Curso de Engenharia Ambiental do UNIFEB tem projeto aprovado pela chamada CNPQ/VALE - Forma-Engenharia

Curso de Engenharia Ambiental do UNIFEB tem projeto aprovado pela chamada CNPQ/VALE - Forma-Engenharia

E-mail Imprimir PDF
No último dia 9 de novembro, o curso de Engenharia Ambiental do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (UNIFEB) teve o projeto denominado “Tratamento de águas residuárias do beneficiamento de café por via úmida em reatores UASB em dois estágios” aprovado pelo CNPQ, órgão de fomento a pesquisas científicas.

 
O projeto foi elaborado atendendo a chamada do CNPQ / VALE denominada FORMA-ENGENHARIA, cujo principal objetivo é estimular os alunos do ensino médio/técnico a cursarem as Engenharias e aos alunos graduandos em Engenharias a terem contato com áreas de atuação dentro do curso. O projeto foi elaborado pelo professor do curso de Engenharia Ambiental do UNIFEB, professor Dr. Marcelo Bruno, com o apoio da coordenadora do curso de Engenharia Ambiental professora Dra. Jaqueline A. Bória Fernandez. O Colégio e Escola Técnica (CETEC) do UNIFEB atuará como instituição co-executora do projeto.

 
O intuito do projeto é avaliar o tratamento das águas residuárias geradas pelo beneficiamento do café por via úmida em reatores anaeróbios de fluxo ascendente (UASB), uma atividade agroindustrial que vem crescendo significativamente a cada ano. Essa água residuária possui uma alta carga orgânica poluente, além de compostos tóxicos como o fenol e é gerada em grande quantidade pela lavagem e despolpamento dos grãos de café, os quais são colhidos maduros e posteriormente secos, com isto os cafeicultores agregam valor e melhoram a qualidade da bebida. A utilização dos reatores UASB como método de tratamento a ser avaliado é uma alternativa que possui um baixo custo de implantação e também apresentam comprovadamente uma alta eficiência de remoção de matéria orgânica para águas residuárias com características semelhantes, podendo evitar assim a contaminação do solo e dos corpos d´água.

 
De acordo com o professor Dr. Marcelo, essa conquista trará vários benefícios para o UNIFEB, pois o CNPQ disponibilizará recursos para a compra de equipamentos (R$ 8.500,00), que após o término do projeto permanecerão nos laboratórios da instituição para atividades de ensino e pesquisa. Além disso, serão oferecidas quatro bolsas pelo período de um ano, sendo uma bolsa para um aluno do curso de Engenharia Ambiental, duas bolsas para alunos do Ensino Médio/Técnico do CETEC e uma bolsa para um professor co-orientador do CETEC. As atividades terão início em 2013.
Fonte: Cia. da Mensagem
Última atualização ( Ter, 04 de Dezembro de 2012 18:14 )